top of page

Métricas importantes para você analisar seu 2021

Este é um assunto complexo, falaremos sobre os resultados obtidos em 2021 e criaremos estratégias para um 2022 mais eficiente.


Mas já de início é necessário ressaltar que: não é porque você está bem financeiramente que a sua trajetória na advocacia seja, de fato, de sucesso e saudável.


Acredita-se que empresas saudáveis crescem 10 por cento ao ano. Obviamente, para atingir tal número, outros fatores devem coexistir com a estabilidade financeira do escritório.


Por isso, é imprescindível que você tenha total controle da sua advocacia. Mesmo que certa função não seja sua, você ainda deve saber sobre como ela está sendo exercida.


SUMÁRIO



Por que medir os resultados da sua advocacia?


Acompanhar as métricas do escritório é o melhor caminho para verificar se o seu negócio está saudável. Além disso, é assim que percebemos se estamos crescendo ou se estamos estagnados na zona de conforto e, caso a situação seja essa, ter as métricas ajudará a criar estratégias para evoluir.


Afinal, a única forma de saber por qual caminho seguir futuramente, é sabendo e observando o caminho que foi percorrido no passado e seus resultados, o que evitará que você fique estagnado na carreira.


Portanto, algumas métricas são importantes de serem controladas, por exemplo:


1. Faturamento


Entenda o que é seu faturamento líquido e o seu faturamento bruto. O faturamento bruto é tudo aquilo que entrou; já o líquido é o que entrou, menos os tributos.


Importante alertar: faturamento é diferente de lucro.


Esse aspecto deixará claro alguns fatores como o crescimento financeiro do seu escritório, o porte da sua empresa e a quantidade de tributos pagos pelo seu negócio. Esse controle deve ser feito por meio de softwares e planilhas, de modo que nada seja ignorado.


2. Volume de clientes


Esqueça a ideia de que esse aspecto não é importante e o que importa é o faturamento, pois, na prática, nem sempre é assim. Você sabe quantos clientes você teve esse ano? Quantas pessoas vieram até você e quantas realmente fecharam o contrato? Quando você atendeu cada um deles?


É essencial saber esses números para que se consiga criar um panorama de prospecção de clientes, e não só isso, mas de fidelização também.


Não se esqueça que o atendimento proporcionado em sua advocacia fará grande diferença nesse âmbito, por isso, você também deve prestar atenção nisso quando criar a sua meta de quantos clientes deseja atingir no ano seguinte.


Tenha em mente que nem sempre o caminho é aumentar este número, às vezes o ideal é atender menos clientes e performar com excelência.


3. Valor médio dos contratos


Se você gosta de estudar um pouco de marketing digital, o que é muito importante atualmente, já deve ter visto infoprodutores falando sobre o “ticket médio”, isto é, o resultado do seu faturamento dividido pelo seu número de contratos fechados.


Ou seja, é um balanço da sua atividade e o retorno financeiro gerado por ela. Se esse cálculo for feito de forma detalhada (ou seja, sem esquecer um dado de faturamento ou de contrato), o resultado poderá te ajudar a definir quantos e quais clientes você precisa ter para trazer o crescimento que você almeja para o seu negócio.


4. Volume de demanda específica


Essa métrica é essencial principalmente para escritórios que atendem mais de uma área do Direito. Para cada uma delas, é necessário fazer as demais métricas, não somente a geral do escritório.


Ter essa visão detalhada e específica aprimorará suas habilidades como gestor, fazendo com que você perceba o ponto mais sensível da sua advocacia, ou aquele que precisa de mais atenção.


Essa é uma métrica que deve ser feita com muita cautela, pois é nela que se torna possível perceber que, às vezes, é possível reduzir o seu faturamento, mas aumentar o lucro. Tal análise também pode ser usada em escritórios que trabalham apenas com uma área, mas diversos serviços dela.


Veja o exemplo: se o seu escritório atende as seguintes áreas - Família, Imobiliário e Tributário, você precisará compreender se todas as áreas são lucrativas, ou se alguma delas gasta mais do que traz resultados.


5. Manutenção de estrutura


Quanto a sua estrutura custou? Quais despesas ela gera? A estrutura em questão é independente de qual modalidade você está hoje: tradicional, coworking, home office e afins; se você souber fazer as demais métricas citadas, com certeza será capaz de entender quais clientes e serviços serão necessários para manter a sua estrutura.


Além disso, adequações devem ser levadas em conta, além dos custos fixos, pois às vezes é necessário investir em algo novo: seja um reparo ou um software.


Portanto, não se esqueça de ter sempre muito bem anotado e analisado quanto o seu negócio te custa.


Logo entraremos em período de recesso e é inevitável a vontade de definir novas metas, fazer planos e desejar melhores resultados. Utilize dessas métricas para que os objetivos para o ano que vem sejam traçados de forma mais concisa e eficiente.


Gestão e Carreira na Advocacia: Aulas Gratuitas

Para construir uma carreira na advocacia e gerir um escritório você precisará de tempo, dedicação, organização e visão estratégica. Se você deseja se aprofundar neste tema, adquirir mais conhecimento e saber mais sobre Gestão de Escritório e Carreira na Advocacia, eu tenho um convite especial para você!


Toda quinta-feira, às 17h, no YouTube, eu ministro aulas gratuitas com o objetivo de potencializar seus resultados na advocacia. As aulas ficam disponíveis por pouco tempo, então, se inscreva no meu canal para não perder nenhum conteúdo:




109 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page